Grupo de Urussanga vai ao Hemosc para doação de medula

Ação é realizada em prol a menina Lívia Piuco

Na tarde desta segunda-feira (29), um grupo de Urussanguenses, formado por trinta pessoas, e outras três pessoas de Cocal do Sul, em comitiva, foram até o HEMOSC de Criciúma. O objetivo é a realização de doações de medula óssea para ajudar a menina Lívia Piuco. A garota tem sete anos de idade e luta contra a leucemia. Ela foi diagnosticada aos cinco anos de idade e, desde então, submete-se aos tratamentos para amenizar a doença.

A ação de conscientização e busca de doadores foi estimulada pelo grupo “Família Handebol”. Os atletas ficaram sensibilizados e programaram a ida até o hemocentro de Criciúma. De acordo com a representante da “Família Handebol”, Luana Talamini, a campanha do mutirão da Lívia terminou hoje, mas “as pessoas que não puderam ir à Criciúma, nesta data, podem procurar um hemocentro mais próximo e se tornar um doador”, ressalta.

Mais informações da ação solidária no áudio abaixo:

 

Saiba mais sobre a história da Lívia, clicando aquí

COMPARTILHAR