Polícia faz mapeamento para câmeras de monitoramento

Foto: José Adílio

A proposta do prefeito de Balneário Rincão Jairo Celoy Custódio em instalar câmeras de monitoramento no município deu mais um passo nesta semana. Num encontro realizado no gabinete do prefeito, integrantes da Polícia Civil e Militar juntamente com a equipe de Governo fez o mapeamento dos pontos onde serão colocados os equipamentos. Ainda nesta semana, os policiais foram a campo verificar se os locais mapeados têm condições para a instalação das câmeras.

A intenção do prefeito Jairo Custódio é instalar 100 câmeras de monitoramento em todo o município, mas nesta primeira etapa serão instaladas 30. O projeto estava no plano de governo. Desde o começo da administração, o prefeito foi em busca de alternativas para a implantação das câmaras. Com o fim da temporada de verão, a necessidade ficou mais evidente, pelas reclamações dos moradores, que tiveram as suas casas arrombadas.

O próximo passo, será a realização de reunião nas comunidades para discutir a possibilidade do envolvimento de todos quanto a compra de mais câmeras. “Como o sistema de controle será adquirido junto com estas 30 câmeras, fica a possibilidade de a comunidade comprar mais câmeras, pois dá para interligar ao sistema e ter o acompanhamento da polícia”, explica o prefeito Jairo Custódio. A expectativa é de que esta primeira etapa seja concluída até o mês de julho.

Policiamento

Após a realização de uma audiência pública na comunidade de Barra Velha, onde foi definido que seria requisitado ao comando da Polícia Militar a reabertura do posto policial existente na comunidade, lideranças foram nesta quarta-feira falar com o comandante de Içara Darci Rodrigues Junior. De acordo com o sargento Rafael Steinert, comandante da Polícia Militar de Balneário Rincão, foi definido que a Polícia Militar intensificará as ações na comunidade. Segundo ele, a reabertura do posto policial dependerá da disponibilidade de vagas no Corpo Temporário de Inativos da Segurança Pública. A comitiva rinconense está tentando uma reunião com o secretário de Segurança Pública de Santa Catarina para pleitear esta vaga e reabrir o posto policial.

COMPARTILHAR