Após pente-fino em auxílios-doença, 84% dos benefícios periciados são cancelados em SC

Remarcações de perícias foram feitas na manhã desta quinta na agência do Parque Solon Lucena (Foto: André Resende/G1)
- Publicidade -

Ministério do Desenvolvimento Social divulgou novo balanço sobre o pente-fino do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) nos auxílios-doença. Em Santa Catarina, 84% dos benefícios analisados foram cancelados. Os números foram divulgados na quarta-feira (17).

No estado, atualmente 28 mil pessoas recebem auxílio-doença. Desde que começou o pente-fino do Ministério do Desenvolvimento Social, mais de 9 mil passaram por perícia.

Com isso, o ministério espera economizar, por ano, mais de R$ 132 milhões. “Em Santa Catarina, nós já realizamos 9.039 perícias e dessas, vejam bem, 84% das pessoas que foram revisadas estavam aptas para o trabalho. Elas não estavam mais doentes e, portanto, poderiam estar trabalhando. Essas pessoas tiveram o benefício cessado e elas voltarão ao trabalho”, afirmou o secretário-executivo do ministério, Alberto Betrame.

COMPARTILHAR