PF faz operação contra suspeitos de lucrar R$ 2 milhões com esquema clandestino de bebidas alcoólicas em SC

Loja de bebidas de Balneário Camboriú foi alvo de operação. (Foto: Luiz Souza/RBS TV)
- Publicidade -

Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta quarta (17) contra suspeitos de trazer bebida alcoólica clandestinamente do exterior para comercialização no Litoral de Santa Catarina. Segundo a investigação, em dois anos, o esquema movimentou mais de R$ 2 milhões.

Pela investigação, um morador de São Miguel do Oeste, no Oeste catarinense, comandava a operação. Ele comprou um bar e a família dele adquiriu um restaurante na cidade, ambos de fachada.

A bebida era trazida do Paraguai, Argentina e Uruguai e passava pela empresa fantasma dele, para emitir notas fiscais frias.

A carga era transportada para lojas no litoral, principalmente três que operam no Camelódromo de Balneário Camboriú.

Ao todo, foram emitidos 14 mandados de busca e apreensão, nove de condução coercitiva – quando os suspeitos são levados apenas para depoimento, um mandado de sequestro para cinco veículos e um mandado de sequestro em comércio. Eles são cumpridos em São Miguel do Oeste, Balneário Camboriú e Camboriú.

Bebidas contrabandeadas foram apreendidas em Balneário Camboriú. (Foto: PF/Divulgação)

Fonte: G1/SC

COMPARTILHAR