Governador participa de encontro com empresários para debater a inovação na gestão pública

Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo visitou na manhã desta terça-feira, 9, em Florianópolis, a nova sede da empresa Softplan para conhecer um pouco mais sobre parcerias que buscam promover a inovação na gestão pública. Colombo acompanhou, ainda, parte de encontro promovido pela empresa de treinamento WeGov, que conta com a participação de profissionais de diferentes áreas do Governo do Estado e também de outros órgãos catarinenses.

“É uma iniciativa que ajuda a melhorar a qualidade do serviço interno e também do serviço que chega à população. Estamos habilitando profissionais do governo para pensar como melhorar o operacional de cada dia, como resolver os problemas com burocracia, como dinamizar as nossas ações. E é muito bom ver esse setor crescendo em Santa Catarina, ganhando espaço, oferecendo empregos, permitindo e acelerando o desenvolvimento e a inovação do nosso estado”, afirmou o governador Colombo.

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado (Fapesc), Sérgio Gargioni, e o presidente do Sapiens Parque, Saulo Vieira, também acompanharam a visita.

Instalada no Sapiens Parque desde o final do ano passado, a Softplan é uma desenvolvedora de softwares de gestão que hoje tem presença em todos os estados brasileiros e também em países da América Latina e nos Estados Unidos. Fundada em Florianópolis em 1990, a empresa se especializou no desenvolvimento e na implantação de softwares de gestão para os segmentos de Justiça, infraestrutura e obras, gestão pública e indústria da construção. Conta com mais de 1.500 colaboradores.

Os representantes do governo foram recepcionados pelo diretor executivo da Softplan, Moacir Marafon, que comanda a área da empresa voltada para iniciativas na gestão pública. No Governo do Estado, a Softplan tem serviços em órgãos e empresas como Deinfra, Celesc, Procuradoria Geral, e nas secretarias da Fazenda e da Administração. Nesta última, trabalha em projeto para eliminar a impressão de papel em diferentes áreas, promovendo cada vez mais a digitalização de documentos.

Colaboração: Alexandre Lenzi / Secom

COMPARTILHAR