Polícia Civil apura caso de estupro de vulnerável em Criciúma

Foto: Lucas Colombo/Especial/DN

O  estupro de uma criança de quatro anos é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente Mulher e Idoso (DPCAMI) de Criciúma. O fato teria ocorrido em 12 de março e vindo à tona agora com o desabafo da mãe da menina. Conforme a responsável pela vítima, o avô paterno da criança teria sido o responsável pelo estupro e, assim que o caso foi descoberto, a menina teria sido encaminhada ao hospital e ao Instituto Médico Legal (IML) para a realização de exames.

Ouça as informações do repórter Rafael Niero:

COMPARTILHAR