Proposta pretende liberar uso do celular como ferramenta didática nas escolas catarinenses

- Publicidade -

O artigo primeiro da lei estadual 14363 de 25 de janeiro de 2008 proíbe o uso de telefones celulares nas salas de aula das escolas públicas e privadas em Santa Catarina. Quase 10 anos depois dos avanços da tecnologia fizeram com que os aparelhos de celular ganhassem recursos que hoje já fazem parte do dia-a-dia das pessoas. Por isso o deputado Antonio Aguiar (PMDB), autor da lei estadual que proibiu os celulares nas escolas, propõe agora a permissão da utilização dos smartphones como ferramentas pedagógicas.

Ouça as informações do repórter Enio Biz:

COMPARTILHAR