Funcionários dos Correios de SC aprovam greve

- Publicidade -

Reunidos em Assembléia, os trabalhadores dos Correios de Santa Catarina, decidiram entrar em greve por tempo indeterminado, a partir das 22 horas, desta quarta-feira, dia 26. O objetivo é protestar contra a privatização, as demissões e a retirada de direitos dos trabalhadores dos Correios.

A direção dos Correios anunciou que está planejando demissões incentivadas ou motivadas causando um prejuízo para o andamento do trabalho de entrega das correspondências, pois a estatal tem déficit de funcionários em relação ao aumento na quantidade de objetos postais, o último Concurso Público para os Correios foi em 2011.

Segundo o representante do Sindicato dos Correios na região Sul, Samuel de Mattos, boa parte dos carteiros está parada e, ao que tudo indica, já há atrasos em entregas de correspondências em alguns locais.

Confira a entrevista realizada na manhã desta quinta-feira (27), no Comando Marconi:

 

Agência Urussanga

Agência de Urussanga não aderiu a greve geral dos Correios. O atendimento no balcão segue normal, das 09h às 12 h e das 13h30min às 16h. O setor operacional (CARTEIROS) da agência urussanguense está em paralisação por tempo indeterminado.

 Agência Cocal do Sul

O atendimento da agência dos Correios de Cocal do Sul segue normalmente no balcão, das 09h às 12h e das 13h às 17h, porém dos três carteiros que a agência possui, um deles preferiu aderir a greve.

COMPARTILHAR