R$ 1,3 milhão da saúde de Morro da Fumaça desperdiçado por irresponsabilidade

- Publicidade -

Após o almoxarifado que fornece materiais para as 10 unidades de saúde de Morro da Fumaça ter sido lacrado em janeiro por más condições de armazenamento de medicamentos e materiais ambulatoriais deixadas pela gestão anterior, a Secretaria do Sistema de Saúde encerrou na segunda-feira (24), o levantamento dos prejuízos.

Uma sindicância financeira foi realizada e cerca de R$ 1,3 milhão dos cofres públicos foram desperdiçados. Remédios violados, estoques vencidos, caixas perfuradas por insetos como baratas e cupins, problemas com mofo, sujeira e contaminação foram encontrados no local no início do ano.

Toda medicação será descartada de acordo com orientações da Vigilância Sanitária evitando qualquer risco à população. Segundo a coordenadora de Atenção Básica Naiara Guglielmi, uma avaliação será feita esta semana sobre o procedimento adequado do descarte de cada material.

Para a secretária do Sistema de Saúde Sônia Rocha o valor levantando é considerável. “A cidade perde em recursos, perde em saúde, a população está pagando por um descaso, mas estamos trabalhando e revertendo esta situação”, explica. Atualmente o almoxarifado está funcionando em outro local e a reposição do estoque sendo normalizada.

COMPARTILHAR