Morre o pai de Dom Onécimo Alberton

- Publicidade -

A Diocese de Criciúma comunica, com pesar, o falecimento do senhor Mozé Alberton, pai do Bispo de Rio do Sul, Dom Onécimo Alberton, que durante muitos anos foi membro do clero da Diocese de Criciúma. O senhor Mozé tinha 82 anos de idade e faleceu às 11h30min desta segunda-feira, 10, após sofrer um mal súbito.

Seu corpo está sendo velado no salão da comunidade de Brusque do Sul, interior de Orleans, a 18km do centro da cidade. Seu sepultamento se dará nesta terça-feira, 11, às 10 horas, com missa de corpo presente na igreja Nossa Senhora das Dores, em Brusque do Sul, seguindo para o cemitério local.

O senhor Mozé deixa a esposa, Laura, com quem teve cinco filhos e com quem viveu mais de 60 anos de matrimônio. Era um pai e avô muito querido pelos filhos e netos, além de esposo muito zeloso.

A Diocese de Criciúma expressa sua solidariedade à família de Dom Onécimo neste hora de dor e saudades e reafirma sua esperança nas palavras ditas por Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais” (Jo 11, 25-26)

Colaboração: Diocese de Criciúma

COMPARTILHAR